Quem somos

parallax background

Sobre o
Conselho


Amados Colegas, O Conselho de Pastores Evangélicos do Distrito Federal – COPEV/DF é uma instituição, sem fins lucrativos, criada em 12 de dezembro de 1970, com o propósito de congregar Pastores (as) Evangélicos, de caráter interdenominacional, bem como Evangelistas, Missionários e Presbíteros com funções pastorais recomendados pelas suas igrejas locais.

1 Promover a unidade, o congraçamento e fraternidade entre seus membros e familiares;

2 Criar departamentos internos que atendam as necessidades do COPEV/DF e comunitários, tantos quantos forem necessários.

3 Programar, coordenar e divulgar atividades de interesse das comunidades evangélicas, podendo, para tanto, cooperar e receber cooperação de outros Conselhos Regionais, Igrejas, Organizações Evangélicas e Instituições legalmente constituída.

4 Defender a dignidade ministerial e eclesiástica junto à sociedade, aos poderes públicos e meios de comunicação.

5 Defender os interesses do segmento evangélico, dentro dos princípios Bíblicos e Legais, junto à sociedade, aos poderes constituídos e os meios de comunicação.

6 Representar seus Associados e, dentro de sua competência, falar por eles junto aos poderes constituídos.

7 Promover encontros de reciclagem através de conferencias, seminários, congressos e convênios com Instituições Teológicas.

8 Prestar aos seus membros, dentro das suas possibilidades, assistência social, jurídica, teológica e ministerial;

9 Incentivar pastores e Igrejas a uma melhor identificação com a Constituição Federal e Lei Orgânica do Distrito Federal.

O Conselho de Pastores Evangélicos do Distrito Federal – COPEV/DF, tem seu escritório funcionando nas dependências da Igreja Assembléia de Deus - ADPLAN, já por alguns anos, graças a bondade e amor cristão do seu pastor, nosso Presidente, Pastor Josimar Francisco, e da igreja que pastoreia. Por outro lado, atualmente o COPEV/DF, conta com vinte e quatro (24) Núcleos espalhados por quase todo o Distrito Federal. Seu banco de dados registra, atualmente, dois mil e seiscentos(2600) inscritos e filiados, membros da maioria das denominações existentes no Distrito Federal, entre elas as históricas, pentecostais, renovadas, comunidades, independentes etc, representando cerca de mais de três mil (3000) igrejas e congregações e um universo de dezenas de milhares de crentes em Cristo Jesus. Quanto as suas atividades, O Conselho de Pastores Evangélicos do Distrito Federal – COPEV/DF, ao longo desses 42 anos de existência tem realizado trabalhos gloriosos, e os mais variados possíveis em prol de seus filiados e do povo de Deus, tanto na esfera, espiritual, eclesiástica, cultural, social e política; exemplificando alguns deles:


1 Curso de Pastoreio de Pastores em parceria com MAPI-SEPAL/CBN-DF;

2 Encontro de Casais Pastorais;

3 Curso sobre Modelos de Crescimento de Igrejas em parceria com MAPI-SEPAL/ CBN-DF;

4 Seminário sobre Aconselhamento Pastoral;

5 Curso de Formação de Professores para Ensino Religioso – convênio com a Faculdade Teológica Batista de Brasília & (UNB);

6 Realização da Marcha para Jesus, junto com o Coordenador da mesma e com parceria com o Conselho de Igrejas e Pastores Evangélicos do Distrito Federal e Entorno – CIPE/DF;

7 Idealização, Realização e Coordenação da Marcha para Jesus no Gama (3 edições);

8 Realização da Conferência Evangelítica em Planaltina (RA IV – 7 edições);

9 Cancelamento da Licitação Pública – com preço exorbitante, que incluía os Lotes que foram dados;

10 Concessão Real de Uso para as Igrejas (GDF/TERRCAP/Diversos Parlamentares: Evangélicos e outros);

11 Coordenação das Festividades do Dia do Evangélico em parceria com o CIPE/DF;

12 Exposição no Dia Nacional Valoração da Juventude Brasileira (UNESCO/UNB/ JULAD/PARLATINO);

13 Comemoração do Dia da Bíblia em parceria com a SBB;

14 Alteração no Novo Código Civil Brasileiro – Lei 10.825/2003, Luta junto com outros parceiros tais como: FENASP/CIPE/Parlamentares Evangélicos etc;

15 Assessoramento aos Pastores Evangélicos para solução de diversos problemas junto as Administrações Regionais, Secretarias de Estado e demais órgãos que compõe o Governo do Distrito Federal;

16 Assessoramento Jurídico aos Pastores e em muitos casos as suas Igrejas;

17 Expedição de Carteira de Membro do COPEV-DF, em novo formato e visual;

18 Seminário sobre Homilética: A Arte de Pregar;

19 Diálogo constante com os Representantes do Governo Federal e do GDF no que tange as questões da Lei Federal 9.605/1998, e Lei Distrital 1.065/1996 (Meio Ambiente – Poluição Sonora), Lei Federal 10.257/2001 (Estatuto da Cidade que deverá ser regulamentado pela Câmara Legislativa até 2007), que estabelecerá as regras do Estudo de Impacto Ambiental – EIA e do Estudo de Impacto da Vizinhança – EIV, normalizando assim os locais e as formas de implantação para as novas igrejas;

20 Acompanhamento junto a Câmara Federal ao Senado da República, e a Câmara Legislativa do DF de projetos que tratem de questões que envolvam o segmento evangélico, quer sejam de fé, de moralidade, de estruturas ou de meios de comunicação, tudo isso em parceria com o Fórum Evangélico Nacional de Ação Social e Política – FENASP;

21 Estabelecimento de uma Frente de Comunhão com o CIPE/DF, para diversas atividades de cunho espiritual e/ou eclesiástico e/ou cultural etc;

22 Apoio a vários eventos realizados por diversas denominações em todo o Distrito Federal; Convidado, Participou nas Eleições dos Administradores Regionais e nos Conselhos de Segurança Comunitária;

23 Participou nos diálogos para a criação da Frente Parlamentar Evangélica na Câmara Legislativa que envolve todos os Parlamentares Evangélicos e outros para auxiliar o segmento evangélico no que tange as questões citadas, bem como nas dificuldades concernente a revogação da Lei Distrital 1.350/1996 (Alvará de Funcionamento);

24 Participou com o Governo do Distrito Federal bem como com os parlamentares da Câmara Legislativa do Distrito Federal sobre as Leis Distritais 2.627/2000 e 3.259/2003, sobre a imunidade do pagamento da Taxa de Limpeza Pública – TLP, além da vitória que já havia sido alcançada pelo próprio COPEV/DF do Decreto do GDF 16.100/1994, que dá imunidade para as instituições religiosas do Imposto Predial e Territorial Urbano – IPTU;

25 Realizado várias festas de congraçamento, comunhão e edificação, bem como comemorado cada ano o aniversário do COPEV/DF;

26 Honrado os ex-presidentes dignos e merecedores com a Medalha História do COPEV/DF; Honrado as autoridades que têm contribuído para o engrandecimento desta instituição com a Medalha do Mérito COPEV/DF.

Portanto, o Conselho de Pastores Evangélicos do Distrito Federal – COPEV/DF, sozinho ou em parceria com aqueles que efetivamente amam a obra do Senhor Jesus, como é o Caso do Fórum Evangélico Nacional de Ação Social e Política – FENASP, e do Conselho de Igrejas e Pastores Evangélicos do Distrito Federal e Entorno – CIPE/DF, com quem mantemos perfeito relacionamento, amizade e unidade na busca de soluções para o povo de Deus aqui no Distrito Federal; independente das preferências pessoais quanto às posições teológicas, doutrinárias, sociais, culturais ou políticas, mas que sejam “membros do Corpo de Cristo Jesus”, tem atuado de forma contundente e firme para que o progresso da obra do Senhor seja manifesto a todos, bem como para que o título de Pastor seja respeitado e a credibilidade da Igreja Evangélica continue a estar na posição que detém diante da sociedade – 1º Lugar. Por outro lado, o Conselho de Pastores Evangélicos do Distrito Federal, COPEV/DF, tem gozado de respeito e referência da maioria dos pastores e do segmento evangélico no Distrito Federal, bem como as autoridades do GDF, desde o Exmº Senhor Governador, até o mais simples funcionário. Fato esse, pela postura transparente e séria que tem sido mantida nos seus relacionamentos.